Sengés no Paraná: Guia completo!

Autor:
22/04/2021 as 16:02
Viajar Muito Mais
sengés

Caso você nunca tenha ouvido falar desse refúgio perfeito, conheça aqui tudo o que você precisa saber se pretende conhecer Sengés, no Paraná.

Um local pouco conhecido, porém, uma natureza incrível. Sengés é uma cidade pequena com cânions enormes, cachoeiras belíssimas, trilhas para todos os aventureiros, ar puro e o melhor: longe da cidade e toda sua aglomeração.

Localizada a 270km de Curitiba, com um pouco mais de 360km de São Paulo. A viagem é curta e uma excelente opção para curtir no final de semana ou em um feriado prolongado sem precisar se preocupar com um longo caminho para a volta.

Caso tenha pouco tempo para curtir o passeio, saiba que, com apenas três dias você já consegue aproveitar bastante do lugar, mas claro, não vai dar pra conhecer tudo.

Isso porque, mesmo sendo pequena, Sengés e as cidades vizinhas possuem muitas coisas pra conhecer, ver e fazer. Além disso, se você estiver indo de Curitiba para Sengés, a melhor opção é escolher um hotel ou pousada em Jaguariaíva, que contém uma melhor estrutura para receber os turistas.

Já os turistas de São Paulo, podem se hospedar em Itararé, uma cidade localizada na divisa dos dois estados, que mesmo pequena possui muito mais opções de hospedagem.

Jaguariaíva e Itararé

A cidade de Jaguariaíva está localizada a 39km de Sengés e possui diversos atrativos turísticos interessantes como por exemplo a Cachoeira do Lago Azul, que fica próxima ao centro da cidade, o Parque Estadual do Cerrado, com opções incríveis de trilhas e o Túnel Fábio Rego.

Já a cidade de Itararé está um pouco mais próxima, sendo apenas 16km de distância e, de alguma forma, se complementam. Então, você sem dúvidas passará por lá para visitar locais como o parque ecológico da barreira, por exemplo.

O que fazer em Sengés?

Sengés recebe este nome em homenagem a Gastão Sengés, o engenheiro responsável pela construção do trecho da estrada de ferro que cortava a cidade.

Essa pequena cidade está localizada a noroeste do Paraná e tem cerca de 20 mil habitantes, que vivem no centro da cidade, que além de ser pequeno, é uma zona rural. Sengés é considerada a capital de Madeira, pois o setor madeireiro é a principal fonte de renda sengeanos.

Além disso, a cidade conta com uma ampla diversidade de belezas naturais em um refúgio rústico e tranquilo paranaense.

Cânion do Jaguaricatu

O extenso cânion do jaguaricatu recebe este nome por causa do rio que corta a região, sendo ele o principal ponto turístico natural da cidade. Ele possui uma paisagem linda, uma energial sensacional e renovadora.

Ele está localizado no vale do jaguaricatu, sendo a parte principal onde está localizado o mirante e a 20km da sede de Sengés.

Caminhar até o mirante não é cansativo, os carros podem chegar até 100 metros. Mas, ainda assim, para a caminhada use roupas leves, tênis confortáveis para poder aproveitar as trilhas confortavelmente.

O cânion possui enormes paredões de arenito que atingem até 100m de altura, cobertos por uma vegetação nativa do Cerrado, maravilhosa da região do Paraná.

Como dito anteriormente, o Cânion é enorme, com extensão superior a 85km junto ao Cânion do Guartelá, formado por uma área de Proteção Ambiental (APA) da Escarpa Devoniana, com uma imensa cadeira de paredões de arenito e uma forte presença da mata atlântica, tornando ainda mais bonita a parte do Paraná.

Cachoeira Véu de Noiva

Para os amantes de cachoeiras, sem dúvidas essa é a cidade ideal para conhecer. Isspo porque Sengés contém mais de 60 cachoeiras de diversos tamanhos espalhadas por todos os locais, mas a mais famosa delas é a Cachoeira Véu de Noiva.

A cachoeira está localizada a menos de 3km do mirante do cânion. Recebe o popular nome de Véu de Noiva, mas seu nome correto é cachoeira do Sobradinho. É conhecida como a mais linda da região, excelente para o banho, mesmo com as águas geladas.

O carro chega bem perto, sendo necessário caminhar cerca de 600 metros.

A trilha toda é cercada por árvores, e a maior parte contém sombra, o que não exige muito esforço, principalmente quando o passeio é feito sem pressa, apressiando a vista.

A árvore da lenda

A árvore está localizada entre o Mirante do Cânion e a Cachoeira do Sobradinho. A parada na árvore da lenda é essencial para qualquer turista.

Mesmo que o nome gere curiosidade, ele não tem qualquer tipo de significado, visto que trata-se apenas de uma árvore isolada no meio de uma plantação, que pode ser de soja ou feijão, de acordo com a época.

A árvore virou parada obrigatória dos trilheiros que fazem o trajeto entre um atrativo e outro e com isso, tornou-se uma lenda. Um excelente ponto para fazer uma parada, descansar, pegar um ar e aproveitar a paisagem ao redor.

Diversas cachoeiras

Como dito anteriormente, Sengés é uma pequena cidade com uma ampla diversidade de atrativos naturais para aqueles que gostam de explorar a natureza, sendo este um destino que deve fazer parte de suas viagens.

São 60 cachoeiras, sendo difícil descrever uma por uma, mas caso você queira conhecer, as principais são:

  • Cachoeira do Sobradinho (Véu de Noiva)
  • Cachoeira do Corisco
  • Cachoeira do Barão
  • Cachoeira do Funil
  • Cachoeira do Erva-doce
  • Cachoeira dos Veadinhos
  • Cachoeira do Postinho
  • Cachoeira do Lajedão
  • Cachoeira do Navio
  • Cachoeira das Comadres

Esportes e aventura

Com tanta beleza natural, é claro que é possível praticar diversos esportes de aventura em Sengés e em seus arredores.

Para os que gostam de aventua nas alturas, existem opções de rapel e parapente. Já os amantes de trilhas off-road, existem diversos caminhos interessantes, mas sem dúvidas o maior desafio é atravessar o Túnel Fábio Rego, na cidade vizinha de Jaguariaíva.

O túnel foi construído para a estrada de ferro que ligava o Paraná a São Paulo, passando pela cidade, mas o trem deixou de fazer o trajeto e o túnel se tornou um símbolo de turismo da região.

Agora que você conhece bem Sengés, é hora de por em prática seu plano de viagem. A melhor época para visitar a cidade é de junho a agosto, quando praticamente não chove e as trilhas são mais seguras, até mesmo para os trajetos de carro.

Se organize e planeje sua viagem para esse local incrível!

Ao usar nosso site, você reconhece que leu e entendeu nossa Política de Cookies, Política de Privacidade.